sábado, 17 de setembro de 2011

SALA DE INFORMÁTICA: CADERNO E LÁPIS NA MÃO

O nosso novo aluno é um sujeito que interage, questiona, busca informações, participa e modifica o que está supostamente pronto e acabado. Além disso, ele possui um capital social que traz consigo para a sala de aula.
A internet é um recurso metodológico que nos traz uma enxurrada de informações sobre um determinado tema e este sempre está atrelado a outro tema.
O hipertexto é uma estrutura não seqüencial, uma montagem de conexões em rede que, permite/exige uma multiplicidade de recorrências e intervenções.
O papel do professor é de provocador de problemas, interventor e coordenador de equipes e a escola, apesar dessas novas intervenções, ainda existe um currículo pré-definido.
Para organizar essas situações de aprendizagem e colocá-las em uma linearidade que nos dê sentido ao currículo a ser trabalhado, temos de nos orientar quanto à pesquisa eo projeto proposto.
Na sala de informática, sem dúvida faz-se necessário um caderno de anotação sobre o trabalho a ser desenvolvido na sala de informática.
Aqui descrevo alguns tópicos relevantes que devem fazer parte das anotações da aula de informática.
1) QUADRO DE HORÁRIO;
Aqui de acordo com o horário disponível da Sala de informática, podemos trabalhar nesses horários, como continuidade dos trabalhos da sala ou um projeto específico, elaborado pelo professor e alunos, inclusive com os professores especialistas.
2) TEMA:
O tema a ser trabalhado tem de ser delimitado de acordo com o perfil da turma, seu interesse.
Aqui não pode ser um tema muito amplo, pois temos de pensar que as informações da internet podem abrir um leque de informações.
3) QUANTIDADE DE AULAS:
De acordo com o tema e a disponibilidade que a turma tem em acessar à internet : cassa e/ou escola, podemos especificar uma determinada quantidade de aulas, nas quais esse tema será desenvolvido.
4) BUSCA DE SITES:
Pesquisa sobre o tema e seus respectivos sites.
5) REGISTRO:
Anotações referentes ao estudo realizado nos sites, sobre o tema. Aqui entra: texto, imagem, multimídia, vídeo.
6) ORGANIZAÇÃO DOS DADOS COLETADOS:
Discussão sobre os dados coletados, visando o tema específico. Aqui tomar muito cuidado em não perder o foco do tema a ser trabalhado. Entra também a organização de grupos com trabalhos específicos.
7) REGISTROS:
Registros no caderno dos tópicos relevantes, referentes ao tema, lembrando que toda a explanação, para ter sentido deverá ter começo, meio e fim Esse registro pode ser feito no próprio caderno ou em atividades que serão socializadas, através do Blog da escola ou da classe.